quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Resistência à mudança

Há resistência e resistência.
Aquela saudável que nos ajuda a fincar pé, a defender o que é nosso, o nosso território, a nossa forma de ser e há a outra. A que não nos deixa avançar, progredir, aprender, a do "antigamente é que era bom" só porque sim.
Nunca ninguém disse que resistir é mau. Mas resistir por despeito, por não querer diferente porque não tem o aval de pessoas que não estão completamente dentro do assunto, cria um ambiente pesado.
Eu até entendo o medo do novo, do desconhecido, mas tenho receio que isso crie uma situação prejudicial a outros.
É assim vai no trabalho: os resistentes consegue criar um ambiente prejudicial aos outros, diário e peço a Deus não futuro.

3 comentários:

A Pimenta* disse...

Eu tenho muito medo de mudar, apesar de sentir que às vezes era isso que eu mais precisava na minha vida, em termos de trabalho.
Onde estou, não sou reconhecida pelo meu valor, ganho mal, trabalho a recibos verdes há 7 anos e mesmo assim, temo o dia da mudança, por mais que saiba que isso seria muito bom para mim. Mas o ousar arriscar e sair da zona de conforto é terrível para mim.

Quanto às pessoas que criam um ambiente prejudicial aos outros, essas parece que nunca mudam. Vão ser sempre assim, até quiçá a vida lhes ensinar alguma coisa. Pode ser que aí mudem.

Dani F. disse...

Boa tarde, estou pesquisando sobre blogs, poderia me informar um nome e email para contato?

Chic' Ana disse...

Este é um tema que é sempre muito delicado. Quanto mais confortáveis estão as pessoas, maior a resistência à mudança, maior o medo do desconhecido..
Beijinhos

 

Template by Suck my Lolly