segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Leituras #22

Bertrand
Sinopse da Bertrand:
"A aventura que começou em O Lar da Senhora Peregrine para Crianças Peculiares e que continuou em Cidade sem Alma chega agora a uma emocionante conclusão em Biblioteca de Almas. Jacob Portman, o herói que viajou no tempo para encontrar as crianças peculiares, explora a sua peculiaridade e descobre um poder até então desconhecido.

Acompanhado de Emma Bloom, a rapariga que consegue produzir fogo com as mãos, e Addison MacHenry, um cão capaz de localizar qualquer peculiar, parte numa viagem ao passado para tentar salvar os seus amigos peculiares… e o futuro de todos eles"


 O último volume. O desfecho de uma história faesmo quando pensamos em cães falantes, em animais incríveis, em pessoas com poderes diferentes.
É neste livro que Jacob começa a conhecer a sua "peculiaridade", que afina as suas capacidades. Um Jacob já mais adulto, personagens que se apoiam, uma história cheia de voltas e reviravoltas.
Para quem gosta deste tipo de histórias vale a pena ler, não se vão arrepender.

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Leituras # 21

FNAC
Sinopse da Fnac
"Cidade dos etéreos dá sequência ao celebrado O orfanato da srta. Peregrine para crianças peculiares, em que o jovem Jacob Portman, para descobrir a verdade sobre a morte do avô, segue pistas que o levam a um antigo lar para crianças em uma ilha galesa. O orfanato abriga crianças com dons sobrenaturais, protegidas graças à poderosa magia da diretora, a srta. Peregrine.
Neste segundo livro, o grupo de peculiares precisa deter um exército de monstros terríveis, e a srta. Peregrine, única pessoa que pode ajudá-los, está presa no corpo de uma ave. Jacob e seus novos amigos partem rumo a Londres, cidade onde os peculiares se concentram. Eles têm a esperança de, lá, encontrar uma cura para a amada srta. Peregrine, mas, na cidade devastada pela guerra, surpresas ameaçadoras estão à espreita em cada esquina. E, além de levar as crianças a um lugar seguro, Jacob terá que tomar uma decisão importante quanto a seu amor por Emma, uma das peculiares.
Telecinesia e viagens no tempo, ciganos e atrações de circo, malignos seres invisíveis e um desfile de animais inusitados, além de uma inédita coleção de fotografias de época — tudo isso se combina para fazer de Cidade dos etéreos uma história de fantasia comovente, uma experiência de leitura única e impactante."

II Guerra Mundial, monstros e crianças, um mundo em guerra.
O caos perfeito para poderem fugir da sua ilha e ierem atrás da Srta Peregrine. Neste livro o autor mostra-nos a força das personagens, as suas lutas e as suas perdas. Parece-nos que estamos lá, a fugir com eles, a ver com eles, a sofrer com eles.
O primeiro volume estva muito bem escrito, este não lhe fica atrás, com uma enorme vontade de que chegue o terceiro para podermos continuar a vivenciar a história.

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Leituras #20

Wook
"Uma ilha misteriosa. Uma casa abandonada. Uma estranha coleção de fotografias peculiares. Uma terrível tragédia familiar leva Jacob, um jovem de dezasseis anos, a uma ilha remota na costa do País de Gales, onde encontra as ruínas do lar para crianças peculiares, criado pela senhora Peregrine. Ao explorar os quartos e corredores abandonados, apercebe-se de que as crianças do lar eram mais do que apenas peculiares; podiam também ser perigosas. É possível que tivessem sido mantidas enclausuradas numa ilha quase deserta por um bom motivo. E, por incrível que pareça, podem ainda estar vivas… "

É uma leitura diferente, muito engraçada.
Este é o 1º volume da trilogia, em que nos é dado a conhecer Jacob e o seu avô Abe. Através do relacionamento entre os deus, é-nos dado a conhecer as personagens fantásticas e diferentes, cada uma com um papel fundamental no desenrolar desta história fantástica.
Gostei do facto de estar bem contada, em que ninguém aparece por mero acaso, em que cada descrição detalhada nos leva a "ver" a história, com fotografias de colecções pessoais que se fossem ilustrações não representavam tão bem a história contada.
Vi o filme, e como sempre, as "entre-linhas" são muito melhores no livro. Isto sou eu, a amante das leitura☺

sábado, 25 de novembro de 2017

4

Imagens Google
Faz hoje 4 anos que nasceu o meu tesouro mais novo.
Faz hoje 4 anos que se conheci a suspresa mais doce, traquina e safada que a vida me reservou.
Faz hoje 4 anos que nos tornámos numa família numerosa.
Faz hoje 4 anos que o meu coração me provou mais uma vez que o Amor se estica e multiplica com uma grande facilidade.
Faz hoje 4 anos que nasceu Amor pequenino.
Parabéns meu querido, que sejas sempre muito feliz e tenhas sempre muita saúde.

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Perguntinha óbvia # 12

Vocês conhecem alguém, que após abrir o carro com o comando e se sentar lá dentro, não percebe porque é que a chave de casa não põe o carro a funcionar? 😉
Pois...além do stress do trabalho tenho a minha filhota doente e dá nisto,

Leituras #19

Google Imagens
Viva para Contar - Lisa Gardner

Este não é um livro fácil. Começa logo com o assassinato / suícidio de uma família inteira.
Pouco tempo depois, outra família, o mesmo tipo assassinato / suícidio, o que as diferencia apenas o estrato social. O que as aproxima: filhos com problemas mentais.
É aqui que este livro se torna difícil, não é um policial simples, fala de problemas mentais graves (esquizofrenia, bipolaridade e outros) em crianças, tão pequenas como 4-5-6-7-8 anos. Crianças capazes de assassinar famílias inteiras, anjos que são tudo menos isso. Crianças vítimas de uma tal violência física e psicológica e compromete e condiciona o resto das suas vidas.
Não é um livro fácil, mas sobretudo muito viciante.
Leiam, mas com calma, é preciso digerir.

sábado, 18 de novembro de 2017

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Mãe não devia adoecer

Mas adoece.
E esta mãe, depois de uma formação gélida, ficou de cama no fim-de-semana.
Ainda estou a meio caminho da recuperação, com dores de estômago e de costas então, nem se fala. Durmo a meio gás e vou andando, devagar, mas andando.
E vocês, como andam?

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Ser mãe de 3 #36

É festejar cada aniversário como único.
Cada etapa como a primeira.
Cada momento como a preciosidade que ele é.
Parabéns pelos teus 7 aninhos Princesa da minha vida.

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Leituras # 18

Imagens Google
Nem sei como este livro me veio para às mãos, mas decidi lê-lo na mesma.
O título não condiz exactamente com o livro em si. Nele vemos tecnicas de conquista (não amaorosa mas social), formas de contornar discussões e outras para ganhar discussões.
Como conseguir levar a nossa avante, percebendo pela postura e pequenos indícios na outra pessoa se ela está ou não receptiva à nossa ideia.
É engraçado de ver como, inconscientemente, em determinadas situações agimos e reagimos tal como o autor descreve.
É uma leitura assim-assim. Já leram? O que acharam?
 

Template by Suck my Lolly