sexta-feira, 26 de setembro de 2014

"Não te organizas"

Tenho ouvido tantas vezes esta frase nos últimos tempos que dou por mim a ser completamente desorganizada. É que já que tenho a fama então passo a ter o proveito.
A questão é não tanto a falta de tempo, mas o tempo que os outros acham que tenho. Se vou fazer o jantar e me chamam mil vezes para ver isto, levar aquilo, e sei lá mais o quê, é óbvio que o jantar fica por fazer.
Eu tenho as minhas coisas organizadas à minha maneira, não sei se boa se má. Por exemplo, limpezas grandes e passar a ferro é ao fim de semana, tal como mudar as camas, fazer máquinas de roupa. Podia mudar? Podia, mas gosto da sensação de ter tudo organizado e pronto para durante a semana.
Às segundas tenho de deixar o jantar de terça feito e na quarta o de quinta porque nesses dias chego depois das 20h. A sopa do pequenito está em doses no congelador, mas vou renovando conforme preciso, normalmente nunca tenho mais que 2 doses de cada tipo (carne ou peixe ou legumes).
As compras maiores são ao fim de semana, porque tenho mais tempo, porque vou cedinho e porque por vezes tenho ajuda do marido.
A versão do eu dou banho ao menino, mas eu tenho de preparar o banho, despi-lo, ir buscar a roupa, levar a suja para o cesto, lavar a banheira dele e limpar o wc depois não é grande ajuda. Se é para dar banho é para fazer tudo, ok do tudo eu depois limpo o wc e até despejo a banheira dele, para eu entretanto ir fazer outra coisa, agora esta sempre a chamar nos entretantos não dá.
Estar sempre a dar bitates, a dizer que estou a fazer mal, que não me oriento, que tenho roupa para passar, que é tarde e as crianças ainda não dormiram, quando a pouca ajuda é mais desajuda e serve para estar semrpe a dizer o que eles fazem de mal e porque o fazem (por eu ser uma mãe assim) também não ajuda.
Devo estar com a neura, com uma enorme dose de mau-humor, a precisar de férias (o mês que passei a limpar 2 casas a fundo, a fazer comida para 7 e a fazer as coisas para os outros descansarem não conta); ou sou de um mau-feitio desgraçado, mas a verdade é que eu também sou uma excelente cozinheira quando tenho a cebola picada, os alhos descascados e só falta levar a comida para a mesa.
Sinceramente dá-me comichão aquelas pessoas que pensam que eu não preciso de 5m para mim, que como tenho 3 miudos não posso ter esses 5m, ou que os devo ter quando a eles lhes dá jeito, e pior como a eles lhes dá jeito.
Li hà pouco tempo este post e sim, consigo relacionar-me con tanta coisa, que o que ri já deixou com um pouco menos de mau feito (eu disse menos, não que passei a ter bom feitio)

3 comentários:

Esmeralda Martins disse...

Ufa, agora respira!
E relaxa.
E respira de novo.
Qualquer mulher passa por isso, o importante é relativizar, não é preciso agendas nem organizadores.
É preciso ser e estar feliz.
Mimos e bom fim de semana ;)

Bonitinha disse...

Digamos que esta ajuda venha da sogra, da mãe ou do marido?
Eu não teria aguentado umas "férias" desta Nany, será possível que ninguém se chegou à frente para ajudar realmente?
beijinhos

Jardim de Chuva Prateada disse...

Eu compreendo-te perfeitamente. Eu estou sozinha com 3 filhos e tenho dias de loucos e a desejar ter tempo para mim, porque nós também precisamos para estarmos mentalmente sãs. Por sermos mães, continuamos a ser humanas e não de ferro. Há mulheres que não aguentam e se queixam só com um filho, imagina com 3. Respira fundo, e pensa que és muito mais. Um beijo grande.

 

Template by Suck my Lolly