segunda-feira, 11 de abril de 2016

Eu tenho um defeito

Um entre muitos.
Não consigo chegar a horas. É sempre uma luta.
Acordo cedo, deixo tudo preparado de véspera, acordo-os cedo e depois....e depois a coisa embrulha-se, enrola a corda do relógio e quando finalmente se solta estou atrasadíssima.
É sempre assim. Praticamente todo o santo dia.
Estou farta. Cansada de andar a correr, comecei então, mesmo que à revelia a fazer alterações, eu sou sempre a primeira a acordar e estabeleci o seguinte horário:
-06h30 acordar e levantar
-06h40 tomar o pequeno almoço
-06h50 vestir
-07h00 acordar o pessoal, vestir os que precisam de ajudar, preparar pequenos almoços, enquanto eles comem escovar os dentes e acabar de me arranjar; ajudar naquilo que eles precisam
-08h00 sair de casa, levar o mais velho ao ATL
-08h30 trabalho
Qual o problema?
O problema é o seguinte: eu de manhã demoro a avançar e por isso tenho de deixar mais uns 5m para o pequeno almoço. O vestir-me é fácil, especialmente quando me apercebi, que se deixava a roupa deles preparada, também podia deixar  a minha e era bem mais fácil pegar e vestir que abrir o armário e andar à bulha com o que não serve, não fica bem, etc.
Quando faço o pequeno almoço deles, faço também o lanche do filho mais velho, porque se deixo tudo preparado de vespera, a sandes, por exemplo faço-a de manhã.
O pessoal para acordar não é linear, tem dias que acorda muito rápido, tem outros que não quer sair da cama nem por nada, outros que comem bem e normal, outros que nenhum comer lhes agrada e assim por diante.
Resumindo....estão a ver a hora de sair de casa não é? Onde vão as 8h da manhã.
Bem, onde anda o pai dizem vocês? Ora, o pai é daqueles que não sai da cama nem por nada, quando sai é de mau humor para debaixo do chuveiro e depois de tratar de si, é que começa a ver o que é preciso fazer aos filhos, tendo em conta que refila se um deles demora mais a comer (a filha especialmente que de manhã é mais lenta).
Então, pensei e vou fazer novas mudanças:
-levanto-me mais cedo e tomo o pequeno almoço com o tempo necessário.
-deixo a roupa de véspera na sala, já que é lá que como, enquanto oiço as notícias para "ir fazendo barulho" e assim a casa começar a despertar
-o acordar deles é vestir comer o que está à frente, ou só dou duas opções
-e o pai tem de começar a levantar-se mais cedo, vai ser a parte mais difícil de acontecer, mas para eu sair de casa às 8h, ele não pode levantar-se depois as 07h30.
As vossas manhãs são pacíficas ou caóticas como as minhas?

2 comentários:

A Pimenta* disse...

Como só tenho uma filha e o meu marido coopera comigo de manhã, é bem mais fácil do que no teu caso. Felizmente, mas acredito que seja uma luta diária para ti. Aguenta firme!

soumaiseu.blogs.sapo.pt disse...

As minhas manhãs são caóticas... por isso alegra-te! E ter só um filho naõ é sinónimo de desenvoltura ou rapidez, pelo menos para mim! A Rita leva meia hora a sair da cama, sim, leste bem, o minimo são 15 minutos, o normnal são 30. Eu acordo e começo a speedar e faço quinhentas mil coisas ao mesmo tempo, faço a lancheira enquanto arranjo os pequenos almoços, todos com cardápio diferente (e somos só três, graças a Deus), cerifico-me que na mochila dela vai um chapéu para o sol, lenços de papel, toalhetes WC, batom cieiro, pergunto se tem elastico para o cabelo e relógio de pulso... isto enquanto apresso a Rita para que se despache, para que coma, para que lave os dentes e penteie bem o cabelo... enfim! O marido esse anda em camara lenta... outro que tem de ser apressado! E chegamos sempre atrasados pois então! E a culpa de quem é? De todos pois claro...

 

Template by Suck my Lolly