terça-feira, 29 de maio de 2012

Se tratam assim os animais.....

Não tenho animais de estimação, já tive.
Já tive vários canários e quando morriam enterrava-os numa caixinha no jardim que fica nas traseiras da casa da minha mãe.
Já tive um cão, raça rafeira mais rafeira não há, lindo, meigo, brincalhão que morreu envenenado por crueldade e maldade alheia.
Já tive um gato cinza, lindo que fugiu porque esperta como sou lhe deixei a porta aberta.
Podia ter um cão, ou um gato, ou mesmo um pássaro, mas não tenho, por indicação médica devido ás alergias dos meus meninos e também pela preguiça de por exemplo, levar o cão á rua. E porque o papá lá de casa não é muito apologista de animais, do trabalho que dão e mais propriamente por aquilo que passamos com 2 miudos alérgicos. Andamos a considerar comprar um peixinho.
Mas o que me faz escrever não é tanto a crueldade com os animais, o abandono, mas sim o roubo. Sim o ROUBO. Estão as pessoas descansadas a passear os seus animais de estimação e chega perto um qualquer fulano, numa de perguntar as horas e zás, toca de roubar o cão.
Para quê? Para vender. Na zona de Mem-Martins - Queluz - Rio de Mouro tem sido assim. Já têm um armazém para guardar os animais e tudo.
E quando não os vendem? Suponho que os abandonem, e que entretanto os coitados passem fome e sede e sejam maltratados.
Por isso fica o aviso, passeiem os cães com trela, se moram em andares mais baixos ou em vivendas, cuidado com os gatos à janela, ou os cães soltos. Nunca se sabe.

5 comentários:

Maggie disse...

Eu tenho 4 cães, o pucci e a maggie são pais do bolinha e da branca. Adoro-os, só temho pena de não ter mto tempo para brincar com eles, mas temos uma garagem grande com 2 janelas com mta luz natural, onde ficam durante o dia fechados porque temos medo de os deixar do jardim e de alguém os envenenar. Qdo chego a casa a 1ª coisa que faço é soltá-los e é uma alegria.
Sei que gostam mto de nós e nós tbém gostamos mto deles. Mesmo da Maggie que nos tem dado más noites.

Bjo
Maggie

mumdream disse...

O quê???
As pessoas lembram-se de cada uma, roubar animais para vender, isto está cada vez pior. À minha avó roubaram-lhe 14 frangos uma noite destas, sempre pensei que fosse por necessidade, mas depois vim a saber que é para vender. Valha-nos Deus, qualquer dia até nos levam o calçado, e falava-se na violência do Brasil...

Mamã Petra disse...

Eu até fico doida com as coisas que leio, realmente já se faz negócio de tudo, e sim o pior é que quando não os vendem de certeza os tratam mal. Enfim a maldade humana não tem limites.

Mamã de Salto Alto disse...

Estou parva...deve ser mas é para o negócio das peles,pelo menos os gatos.Gente atrasada,cruel.eu sabia bem o que lhes fazia...

Sentada na ponta da lua disse...

Não fazia ideia que se roubassem animais de estimação assim à descarada... mas nesta sociedade aparentemente tudo é possível. Adoro animais, já tive cães, gatos, peixes, rãs, ratos, hamster... quase um jardim zoológico e tinha a mania de adoptar todos os animais abandonados que encontrasse. Agora não tenho nenhum... mudei para um apartamento e acho que não é lugar para ter animais. Se bem que pondere daqui por algum tempo arranjar um hamster ou coelho anão.
Bjinho

 

Template by Suck my Lolly